Terça-feira, Fevereiro 19, 2008

 

[P#107] ANOS ACADÊMICOS [Parte XXVIII]

|

O ano da mudança

Enfim, começarei a falar sobre 2004.
Esse foi o ano em que as coisas realmente comçaram a mudar, principalmente pela tomada de algumas decisões, como a de procurar emprego na Agência do Trabalhador (acho que foi esse ano que eu fiz meu cartão lá) e também, quando dei um basta e larguei a faculdade, já que devido às dificuldades burocráticas, não consegui trancar o curso.

O ano mal tinha começado e o Ricardo Farias já tinha ido embora.
Depois , um dia o encontrei na rua e ele me contou que fez como eu e largou o curso.
Depois, passado um tempo foi o Anacleto que jogou tudo pra cima e acabou trancando o curso oficialmente.
E eu queria trancar antes dele.
A última coisa que eu fiz antes de largar o curso foi atuar numa peça musical teatralizada com o Auro e a Ruth, entre outros participantes. A Sara tb estava e creio que o Maycon tb. Agora não lembro.

Eu lembro que queria fazer a peça pra fechar a faculdade de algum modo e não sair no meio de alguma programação acadêmica. Então encarei o desafio e interpretamos a peça do Pedro Malasartes e o Urubu. Eu interpretava o amante interesseiro. Pra entender mais, pesquisar sobre essa história no Google que eu não vou ficar aqui me abrindo em cinquenta parágrafos pra falar sobre ela.

Depois que saí de lá, mantive contato com o Rodrigo Anacleto, com quem inclusive fui assistir ao filme do Cazuza no cinema.E como faz tempo que não vou ao cinema, esse foi um dos últimos filmes que eu vi lá, juntamente com o Sorriso de Monalisa estrelando Júlia Roberts.

No começo do ano eu havia viajado pra praia com minha mãe e com minha prima Jennifer. No antigo blog ainda consigo resgatar uns relatos que postei no dia que retornei, e que, por serem mais próximos à essa época, seguem uma transcrição mais fiel do que ocorreu lá do que se eu postasse com minhas lembranças de hoje:

Extraído de:
http://www.guitarposer.blogger.com.br/2004_01_01_archive.html

Bom Praia de Leste possui uma praia boa , mas
uma cidade muito pobre em investimentos
turísticos e preservação da cidade , realmente
a cidade deixa a desejar na parte do centrão , ali , que deve muito para se comparar
por exemplo com Guaratuba que possui um centro mais decente .
Mas foi bom esses dias que passei lá , 1,2,3,4 , de Janeiro .
Minha mãe arranjou um lugar com um cômodo só , mas bem limpo e arrumado
mas nessa base da economia o banheiro deixou a desejar com uma infraestrutura fraca
Minha prima foi conosco à Preaia de Leste e Sábado encontrou o namorado quando
nós atravessamos o Ferry-Boat de Caiobá até Guaratuba.
Foram dias legais , onde variei bastante o cardápio comendo
Camarão Crocante , pizza de camarão , cachorro quente , etc , etc ...
Mas podia ter sido melhor se minha mãe não tivesse cismado tanto
com minha prima , com umas histórias cabeludas dela ter mais de um namorado
pelo fato de minha prima sair para o lado de fora das instalações para
conversar com alguém , que minha mãe com suas paranóias suspeita ser
o outro namorado , acabei me estressando um pouco com mamãe quando ela começou a dizer que eu não devia andar de sunga para pegar o Ferry-Boat de volta . Na estrada pegamos um trânsito considerável e chegamos a noite em Ctba .
E assim foi mais uma aventura , falou , galera


Não lembro direito, mas foi isso mesmo, pegamos um ônibus pra ir à outra praia e depois voltamos uma parte de Ferry-Boat. Nisso rolou uns estresses entre minha mãe e minha prima. Certa noite saímos e minha mãe ficou irritada porque chegamos depois da meia noite e deixou a gente trancado pro lado de fora, e só depois de muita discussão por nada ela nos deixou entrar pra dormir. Uma das noites tava tendo show do Alexandre Pires e pra pegar no sono com aquela música merdalosa foi triste.

A história da sunga foi a seguinte:
Eu tava com uma roupa pra usar além da sunga dentro do ônibus, mas teimei em voltar só de sunga no ônibus uma vez que tava na praia e minha mãe, sei lá por quê se sentiu incomodada com isso.

Bom, ia falar mais a respeito desse ano, mas me deu um branco.
Dessa forma, continuo outro dia.
Continuo no próximo post.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Assinar Postagens [Atom]